[ fechar ]
Zumbi (A felicidade guerreira)
Gilberto Gil
Waly Salomão

Zumbi, comandante guerreiro
Ogunhê, ferreiro-mor capitão
Da capitania da minha cabeça
Mandai a alforria pro meu coração

Minha espada espalha o sol da guerra
Rompe mato, varre céus e terra
A felicidade do negro é uma felicidade guerreira
Do maracatu, do maculelê e do moleque bamba

Minha espada espalha o sol da guerra
Meu quilombo incandescendo a serra
Tal e qual o leque, o sapateado do mestre-escola de samba
Tombo-de-ladeira, rabo-de-arraia, fogo-de-liamba

Em cada estalo, em todo estopim, no pó do motim
Em cada intervalo da guerra sem fim
Eu canto, eu canto, eu canto, eu canto, eu canto, eu canto assim:

A felicidade do negro é uma felicidade guerreira!
A felicidade do negro é uma felicidade guerreira!
A felicidade do negro é uma felicidade guerreira!

Brasil, meu Brasil brasileiro
Meu grande terreiro, meu berço e nação
Zumbi protetor, guardião padroeiro
Mandai a alforria pro meu coração


BRWMB0101449
© Gege Edições / Preta Music (EUA & Canada) /  © EMI Songs do Brasil Edições Musicais LTDA.



Ficha técnica da faixa:
voz, violão e guitarra - Gilberto Gil
sopros - Beto Saroldi
guitarra - Celso Fonseca
teclado e vocais - Gerson Santos
teclado e vocais - Jorjão Barreto
percussão - Repolho
baixo - Rubens Sabino (Rubão)
bateria - Wilson das Neves
vocal - Nara Gil e Neila Carneiro

[ para o filme Quilombo, de Carlos Diegues ]