Gilberto Gil relembra que 'Cálice' foi composta na Sexta-Feira da Paixão

Música composta por Chico Buarque e Gil foi censurada pela Ditadura Militar

Uma das mais icônicas canções da Música Popular Brasileira, censurada no período da Ditadura Militar, entre 1964 a 1985, 'Cálice' começou a ser composta por Chico Buarque e Gilberto Gil na Sexta-feira da Paixão de 1973. O início da produção da música, que só foi liberada para gravação em 1978, foi lembrado por Gilberto Gil nesta sexta-feira (14).

O cantor baiano postou em sua página no Facebook um vídeo no qual recorda o convite de Chico para que ele fosse em sua residência no dia seguinte, um Sábado de Aleluia, para que escrevessem juntos a música, tendo mote o 'cale-se', em referência à censura por que passavam os artistas e jornalistas da época.

Em óbvia alusão à agonia de Jesus Cristo no Calvário, a letra de Cálice, com um singular jogo de palavras, conseguiu despistar a censura dos militares à mensagem de protesto íntrinseca a cada frase. "Eu tive muita dificuldade em lidar com essa música cálice, aliás até hoje, porque ela é sobre essa coisa da dor, do tormento, sobre repressão, censura, e tem essa história do Pai. Eu tenho impressão que é mais por aí, a primeira pessoa da Santíssima Trindade", comenta.



in Jornal da Paraíba, 14.04.2017
2450 registros:  1 2 3 4 5 6 7 8 > >| 
 
2009 © Gege Produções Artísticas Refazenda fez