O Time Musical do REFAVELA 40

Bem Gil, idealizador, diretor artístico e musical do Show de comemoração aos 40 anos do disco Refavela, que acontece no dia 23 de setembro na Concha Acústica do Teatro Castro Alves , preparou um encontro pra lá de emocionante, com novas leituras das dez faixas do disco, além de canções que fizeram parte do show original, com a participação do mestre Gilberto Gil, Céu, Moreno Veloso e Maíra Freitas, todos acompanhados de uma banda formada por músicos que beberam desta fonte chamada Refavela: o próprio Bem Gil na guitarra; Bruno Di Lullo no baixo; Domenico Lancellotti na bateria; Thomas Harres na percussão; Thiagô Queiroz e Mateus Aleluia nos Sopros; Nara Gil e Ana Cláudia Lomelino nos vocais. São três gerações misturadas dos 30 aos 50, todos influenciados diretamente pela mpb de Gil, Caetano, Chico, Novos Baianos entre outros.

Com algumas obras-primas, como a música título, Ilê Aiyê, Norte da Saudade, Sandra, Era Nova, Aqui e Agora, Balafon, entre outras, o disco foi lançado em maio de 1977 no estúdio de 16 canais da Phonogram, por um Gilberto Gil inspirado pela paisagem suburbana da Nigéria, onde esteve com Caetano no início do mesmo ano, participando do segundo Festival Mundial de Arte e Cultura Negra, em Lagos. O cenário nigeriano era muito similar aos conjuntos habitacionais construídos na década de 50 no Rio de Janeiro e Salvador, que tinham nas duas cidades o objetivo de recuperar a dignidade das pessoas por meio de uma moradia melhor, muitas vezes transformadas em novas favelas.



twitter
in Aldeia Nagô, 17.07.2017
 
2788 registros:  |< < 1 2 3 4 5 6 7 8 > >|