Trinca de Ases, um reunião das estrelas Gilberto Gil, Gal Costa e Nando Reis

Quem conhece jogo de baralho sabe que uma trinca de Ases, é quando estão reunidas três cartas com o mesmo número. Agora imagine essa trinca na música quando três gigantes da MPB resolvem se juntar e criar um supergrupo. Foi o que fizeram Gilberto Gil, Gal Costa e Nando Reis. A ideia partiu depois deles se encontrarem em 2016 em Brasília, a convite do falecido jornalista Jorge Bastos Moreno, para celebrar o legado e centenário de Ulysses Guimarães. Entre um papo e outro, a ideia virou um projeto. Segundo Nando Reis, naquele momento "surgiu uma faísca que nos deu vontade de continuar".

Reunião de artistas em projetos que se tornam históricos não é novidade na MPB. Basta lembrar de Doces Bárbaros (Gil, Caetano, Bethânia e Gal), O Grande Encontro (Alceu Valença, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo e Zé Ramalho), Tribalistas (Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes) dentre outros. O Trinca de Ases, lançou a música "Tocarte" como single de estréia no ano passado. Mais duas músicas inéditas compõe o álbum de 25 canções, são elas: "Dupla de Ás" e "Trinca de Ases".

Divulgação

Sobre a música que deu nome ao grupo, Nando Reis disse: "Primeiro, muito lisonjeado de ser citado numa música escrita por Gil. Não só apenas no projeto, como eternizado nos versos dessa música do qual eu sou um personagem. Evidentemente, tudo isso é poético, claro que pelo fato de eu ser de uma geração diferente, mas estou bem longe de ser um menino com 54 anos. No entanto, ali tem toda essa questão que, no fim das contas, é mesmo um gracejo. O fato que música é um negócio atemporal, e vou te dizer: O Gilberto Gil é uma potência de energia."

Para Gil, o projeto é: "Nós três, uma pequena 'descrição-fantasia' do que somos nós três...". Gravado ao vivo, no repertório do show constam clássicos como ""Por Onde Andei", "Refavela", "Dois Rios" e "Barato Total". Uma das surpresas foi a interpretação de Nando Reis e Gal Costa na música "Lately / Nada Mais" do americano Stevie Wonder. No palco tiveram o reforço dos músicos Magno Brito, baixista pernambucano e integrante da banda Sinara e de Kainan do Jejê, percussionista baiano.



twitter
in Non Stop Music , 15.03.2018
 
2907 registros:  |< < 1 2 3 4 5 6 7 8 > >|