Gilberto Gil leva multidão ao Poço da Draga e canta Refavela 40 anos depois

Treze dias após Caetano Veloso levar multidão ao Aterro da Praia de Iracema, foi a vez Gilberto Gil ser a grande atração da Capital. Ele havia se apresentado em Fortaleza em setembro do ano passado, ao lado de Nando Reis e Gal Costa. Desta vez, relembrando o álbum “ Refavela”, de 1977, o baiano veio acompanhado de Mestrinho, Sofia Freire e Moreno Veloso para o terceiro dia de Maloca Dragão.

Atos políticos marcaram a noite de quinta-feira, 26, do evento. Enquanto no Palco Oca atores do grupo Formosura de Teatro apresentaram o espetáculo Frei Tito Vive, encerrado com a leitura do discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) antes de ser preso, na Praça Verde Gero Camilo cantou Belchior. Ao presidente Michel Temer (MDB), dedicou a música “ Como o diabo gosta”, com gritos da multidão chamando o político de golpista.

No Poço da Draga, Gil foi discreto no apoio ao petista. Entre uma música e outra, logo no início do show, a multidão gritou “Lula livre” e estendeu uma bandeira vermelha. “ O povo grita, o povo quer, o povo espera”, respondeu o cantor no palco.

Show

O baiano cantou clássicos como “Ilê Ayê” e “Sítio do Picapau Amarelo”. As duas músicas ganharam maior projeção nacional quando viraram trilha sonora de séries da Rede Globo de mesmo nome. Moreno Veloso e ele ainda cantaram duas vezes “Sandra”, cada um interpretou uma vez. Embalando a multidão, Gil também cantou “Three Little Birds”, de Bob Marley.



twitter
in O Povo, 27.04.2018
 
2896 registros:  |< < 1 2 3 4 5 6 7 8 > >|