Gil prevê 2006 de mais verbas para a cultura

RIO - O ministro da Cultura, Gilberto Gil, disse que o ano de 2006 vai ser "menos sôfrego e de muito trabalho", com mais verbas para o ministério. Gil afirmou nesta sexta que pretende garantir, junto ao governo, a liberação total do dinheiro para o ano que vem.

- O não contingenciamento é uma das questões fundamentais para nós em 2006. Vamos abrir concurso para algumas áreas, como a Biblioteca Nacional e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), além disso deve ser revista a questão salarial dos funcionários do ministério - afirmou Gil.

Segundo o ministro, 50% dos recursos que foram bloqueados pelo governo para a pasta da Cultura já foram recuperados e até o fim do ano, cerca de 40% devem chegar à pasta.

Gilberto Gil esteve no Rio de Janeiro para a cerimônia de posse do professor Muniz Sodré como presidente da Fundação Biblioteca Nacional. Ele também inaugurou a exposição Retratos de Raymundo, no Museu do Açude. Este evento marca a conclusão da segunda fase das obras de reestruturação da instituição, que foram realizadas com verbas do Ministério da Cultura.



twitter
in O Globo, 28.11.2005
 
2822 registros:  |< < 275 276 277 278 279 280 281 282 > >|